Parceria para acolhimento

Prefeitos e Secretárias Municipais de Assistência Social de Juvenília e Montalvânia se reúnem para discutir sobre a criação da Casa de Abrigo ao Menor

Buscando proporcionar às crianças e adolescentes em situação de risco, vítimas de maus tratos e abandono, das cidades de Montalvânia e Juvenília, os prefeitos destas duas cidades, Dr. José Ornelas (Montalvânia) e Rômulo Carneiro (Juvenília), juntamente com as secretárias municipais de Assistência Social, Maria de Jesus Rocha (Montalvânia) e Mariluce Carneiro (Juvenília), se reuniram na manhã desta quinta-feira (10) no gabinete do prefeito de Montalvânia para discutir sobre a criação de um Abrigo Institucional. A casa, que deverá ser chamada de Casa Lar, vai funcionar em Montalvânia, e irá atender os dois municípios.

O Abrigo irá oferecer acolhimento provisório para crianças e adolescentes, encaminhadas pelo Conselho Tutelar ou pela Vara da Infância e Juventude, afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva de abrigo, em função de abandono ou cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção, até que seja viabilizado o retorno ao convívio com a família de origem ou, na sua impossibilidade, serem encaminhadas a desenvolverem-se em um modelo de acolhimento que se aproxima do modelo familiar.

O objetivo do Abrigo é oportunizar as crianças e adolescentes que necessitem do espaço protetivo a vivência de um modelo de relações que possibilite o resgate da autoestima, hábitos e atitudes de autonomia e de interação social com as pessoas da comunidade, e a construção de um projeto de vida.

A Casa Acolhedora é uma medida de proteção, regulamentada pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA.

Aguarde mais informações.

#JuveniliaAbrindoCaminhos

#GovernoPopularEParticipativo

#JuntosIremosConstruirUmaJuveniliaMelhor

#PraFrenteEQueSeAnda