Juvenília é contemplada com dois cursos do Pronatec

O mercado de trabalho cresce e vem sentindo a falta de trabalhadores qualificados. Hoje são 200 mil postos de emprego que não são preenchidos por falta de um profissional qualificado para o cargo, cerca de 60% dos jovens que concluem o ensino médio não ingressam no ensino superior. O ensino técnico é o caminho mais curto para o mercado de trabalho com perspectivas de ingresso ao ensino superior.

Sessenta (60) pessoas de Juvenília estão tendo a oportunidade de aperfeiçoar seus conhecimentos e mudar de vida, tendo uma nova profissão para ter mais facilidade de se conseguir um trabalho e garantir melhor renda para suas famílias.

A Prefeitura de Juvenília, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec, oferece os cursos técnicos de Agente Comunitário de Saúde e Recepcionista em Saúde.

Foram destinadas trinta (30) vagas para cada curso, que serão ministrados pela Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes.

O publico alvo são pessoas desempregados beneficiários de programa de transferência de renda como o Bolsa Família e seguro desemprego, mulheres de baixa renda, vulneráveis socialmente e de baixo nível de escolaridade, moradoras de comunidade com baixo índice de desenvolvimento humano e que apresentem quadro de exclusão social, educacional e econômico. Cada aluno ainda recebe 9 reais por dia de aula frequentado.

A aula inaugural aconteceu nesta sexta-feira, às 19 horas, no Plenário da Câmara de Vereadores.

Os professores foram contratados via processo seletivo, sem nenhuma interferência política ou de outra natureza.

Os cursos irão funcionar na Escola Municipal Caio Viana Martins no período noturno.

As cidades atendidas foram: Bocaiuva, Brasília de Minas, Catuti, Espinosa, Francisco Sá, Grão Mogol, Janaúba, Januária, Japonvar, Juvenília, Lontra, Minas Novas, Mirabela, Monte Azul, Montes Claros, Pirapora, Pompéu, Porteirinha, Rio Pardo de Minas, Salinas, São Francisco, São João do Paraíso, São João da Ponte, São Romão, Teófilo Otoni e Varzelândia.

Após a conclusão dos cursos estas pessoas estarão aptas para o mercado de trabalho e terão mais facilidade de encontrar trabalho, por terem uma qualificação e, empregadas, poderão garantir melhor renda para suas famílias, melhorando suas vidas.

O crescimento dos Cursos Técnicos é um fator favorável para a educação e bastante estimulante como forte preparação para o mercado de trabalho, ela já é vista pelos estudiosos da educação como ponte para o Ensino Superior.

Prefeitura de Juvenília. Abrindo Caminhos para construir uma nova história.