3ª Conferência Municipal de Saúde e 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde

Com os temas “Direito universal à saúde: garantia da integralidade da atenção no SUS” e “Política Nacional de Vigilância em Saúde e o fortalecimento do SUS como direito como Proteção e Promoção da Saúde do povo brasileiro”, foram realizadas nesta sexta-feira (11) a 3ª Conferência Municipal de Saúde e a 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde, das 7h30 às 17 horas, no Plenário da Câmara de Vereadores.

Muita gente compareceu para participar e contribuir com sugestões para melhorar a Saúde Municipal.

É através das conferências que a população participa da formulação dos programas, estratégias e leis, pois os temas e as propostas levantados são levados às instancias maiores para reformulação em prol da melhoria dos serviços do Sistema Único de Saúde – SUS.

Após o credenciamento foi servido um café da manhã reforçado e só depois começou a solenidade, que teve a leitura e aprovação dos regimentos internos.

A mesa de honra foi composta pelo prefeito Rômulo Carneiro; secretária municipal de Saúde, Márcia Marinho; coordenadora da Atenção Básica, Julliany Cayres; coordenador da Vigilância em Saúde, Rodrigo Marinho; presidente da Câmara de Vereadores, Luís Freires (Luís de Galego) e os palestrantes Carlos Manoel Pereira Costa e Emanuel Lopes, da Gerência Regional de Saúde – GRS / Januária.

Após as palestras foi servido almoço e depois, divididos em grupos, todos foram discutir para sugerir as propostas que foram apresentadas em seguida.

Houve ainda a apresentação do Grupo de Capoeira Muringá, que contagiou o público.

A partir do momento em que a sociedade é chamada a participar do processo de formulação política e passa a acompanhar e fiscalizar sua execução, o sistema tende a aproximar-se das reais necessidades do cidadão brasileiro.

A conferência proporciona aos participantes uma troca de experiência que será transformadora na prática do pensar em saúde, no conceito mais amplo da palavra. Ou seja, saúde como qualidade de vida.

A conferência foi um momento importante para a construção de propostas que nortearão a política municipal de saúde dos próximos quatro anos.

Representantes de diversos setores da sociedade e os servidores mostraram-se bastante produtivos em discutir as problemáticas e propuseram soluções, fornecendo subsídios para construção de políticas públicas e ajudando, efetivamente, no melhoramento do controle social e na oferta de uma saúde pública de qualidade.

Prefeitura de Juvenília. Abrindo Caminhos para construir uma nova história.

#JuveniliaAbrindoCaminhos

#GovernoPopularEParticipativo

#JuntosIremosConstruirUmaJuveniliaMelhor

#PraFrenteEQueSeAnda

#ConstrindoUmaNovaHistoria